O PSB acertou ao apoiar Aécio Neves no segundo turno?

Foto: Igo Estrela/PSDB

 

O PSB oficializou nessa quarta-feira (8) o apoio à candidatura do senador mineiro Aécio Neves (PSDB) no segundo turno das eleições presidenciais. A decisão foi tomada com o voto de 21 dos 29 integrantes do diretório e com o apoio da ala pernambucana do partido, incluindo o governador eleito Paulo Câmara, o governador João Lyra Neto e o prefeito do Recife, Geraldo Julio.

Passada a decisão, o Blog de Jamildo quer saber se o PSB fez a escolha certa ao apoiar Aécio, se o melhor seria apoiar a presidente Dilma Rousseff (PT) ou se o melhor seria permanecer neutro, para não desconstruir o discurso da “nova política”. Vote na enquete abaixo.

Fonte: Blog do Jamildo

Comentários

PSB unido com Aécio

A cúpula do PSB pernambucano teve uma longa conversa, ontem, em São Paulo, com Marina Silva e afinou o discurso para o anúncio formal do apoio ao candidato do PSDB, Aécio Neves, que disputa o segundo turno da eleição presidencial contra a presidente Dilma. Diferentemente da eleição de 2010, quando ficou em cima do muro, desta vez Marina se alia ao postulante da oposição.

Marina tem uma profunda mágoa do PT, especialmente da presidente Dilma, que usou mecanismos virulentos para desconstruir a sua imagem ao longo da campanha. Vista com lugar garantido no segundo turno, Marina foi perdendo aderência ao longo da campanha em função dos duros golpes que sofreu no guia eleitoral de Dilma.

Aécio também chegou a endurecer o jogo, mas não a tanto, porque sabia que se apelasse da forma de Dilma teria dificuldades para trazer Marina para o seu palanque. Principal núcleo do PSB no País, o de Pernambuco, liderado agora pelo governador eleito Paulo Câmara, está tendo um papel fundamental para construir a unidade.

Até mesmo o presidente da executiva nacional, Roberto Amaral, que era visto como simpatizante do apoio a Dilma, já está falando a mesma linguagem de Câmara, Geraldo Júlio, Beto Albuquerque e o vice-governador eleito de São Paulo, Márcio França, que trabalham pelo alinhamento a Aécio.

No caso de Pernambuco, será exigido de Aécio seu compromisso velado com a reeleição do prefeito Geraldo Júlio em 2016, caso venha a ser eleito. Neste caso, o mais prejudicado é o deputado federal eleito Daniel Coelho, que não poderá concorrer à Prefeitura do Recife, como deseja, pela legenda tucana.

Terá, evidentemente, que procurar abrigo em outra legenda. Aécio fez um grande esforço para atrair o apoio do PSB, desde o momento que recebeu o primeiro apoio solidário: do senador Jarbas Vasconcelos, com quem deve ter uma conversa, hoje, em Brasília, juntamente com o candidato a vice-presidente, o senador Aloysio Nunes Ferreira.

Fonte: Blog do Magno Martins

Comentários

Armando visita num só dia seis cidades da Mata Sul

210914 - foto Alexandre Albuquerque

O candidato do PTB ao Governo do Estado, Armando Monteiro Neto, encerrou em Sirinhaém, sexta-feira à noite, um roteiro de visitas a seis cidades da Mata Sul.

Acompanhado pelo candidato a senador, João Paulo (PT) e pelo senador Humberto Costa (PT), Armando visitou, antes, as cidades Ribeirão, Gameleira, Barreiros, Rio Formoso e Água Preta.

Nesta última, realizou-se uma grande caminhada com a presença do prefeito Armando Souto (PDT) que derrotou nas últimas eleições o ex-prefeito Eduardo Coutinho (PSB), pai do deputado estadual (e candidato a federal) João Fernando Coutinho (PSB).

Em Sirinhaém, o senador participou de um grande comício no centro da cidade ao lado do ex-prefeito e coordenador de sua campanha na Mata Sul, Fernando Urquisa (PTB).

Humberto Costa, coordenador da campanha de Dilma Rousseff (PT) em Pernambuco, acompanhou toda a agenda de Armando Monteiro pela região e fez uma defesa intransigente das obras e programas sociais dos governos petistas no Estado.

O senador disse o seguinte: “O Brasil mudou muito nos últimos 12 anos e para que essa mudança continue e traga mais desenvolvimento para Pernambuco, é preciso reeleger a presidente Dilma e eleger Armando Monteiro governador e, João Paulo, senador”.

No sábado, os candidatos da oposição fizeram uma caminhada em Surubim ao lado do prefeito Túlio Vieira e do ex-prefeito Flávio Nóbrega, ambos do PT.

Fonte: Blog do Inaldo Sampaio

Comentários

Carreata de Paulo Câmara/Creusa Pereira em Salgueiro reúne mais de 600 veículos

Mais de 600 veículos, entre motos e automóveis, acompanharam ontem (20) uma carreata, em Salgueiro, comandada por Paulo Câmara, Fernando Bezerra Coelho e Creusa Pereira, todos do PSB.

Eles disputam os cargos de governador, senador e deputado federal, respectivamente. O evento foi organizado pelo prefeito Marcones Sá (PSB), que foi vice de Creusa em duas gestões e a sucedeu na prefeitura.

A carreata fez um trajeto de seis quilômetros por ruas de sete bairros do município. Também estavam presentes o prefeito de Araripina, Alexandre Arraes (PSB) e sua mulher, Roberta, candidata a deputada estadual pelo PSB com apoio do prefeito salgueirense.

Durante a carreata, Paulo Câmara ganhou uma nova adesão: do vereador e prefeito Paulo Afonso Sampaio (Solidariedade) que até então apoiava na cidade a candidatura do senador Armando Monteiro (PTB).

“Paulo tem o apoio de todos os ex-governadores de Pernambuco e do meu candidato a deputado federal, Fernando Monteiro (PP)”, justificou o vereador, que é candidato a deputado estadual.

Fonte: Blog do Inaldo Sampaio

Comentários

Erundina estaria em rota de colisão com Marina Silva

Luíza Erundina - foto Agência Brasil

Informa o jornal “O Estado de São Paulo” que a deputada federal e coordenadora da campanha de Marina Silva (PSB) à Presidência da República, Luíza Erundina (PSB-SP), deu um “mergulho” nas últimas para não ser obrigada a divergir publicamente da ex-senadora.

Erundina foi escolhida por Marina para representar o PSB na coordenação da campanha após a saída de Carlos Siqueira, secretário geral do partido.

Siqueira deixou o cargo, atirando, dizendo que Marina “nem de longe” representa o “legado” de Eduardo Campos.

Erundina notabilizou-se no Congresso, diz o “Estadão”, em defesa das bandeiras do segmento LGBT, da revisão da Lei da Anistia e da democratização da mídia. Marina, porém, evita encampar essas propostas.

“Para evitar novos desgastes – e não se desgastar com os seus eleitores – Erundina tem acompanhado Marina a pouquíssimos eventos”, acrescenta o jornal.

Questionada sobre o assunto, Erundina disse o seguinte: “Não alterei um milímetro das minhas posições. Mas há mais convergências do que divergências”.

Fonte: Blog do Inaldo Sampaio

Comentários

Programa de Marina para o agronegócio desagrada até o vice

marina silva e beto albuquerque - divulgação

O deputado federal Beto Albuquerque (PSB), candidato a vice-presidente da República na chapa de Marina Silva, procurou o ex-ministro da Agricultura (governo Lula), Roberto Rodrigues, na semana passada, para uma troca de opiniões sobre o programa de governo da candidata para a área do agronegócio.

Roberto Rodrigues tem grande inserção nesse segmento e chegou a promover uma reunião dele (segmento) com Eduardo Campos para distensionar as relações do PSB com a agricultura de exportação.

Rodrigues, coordenador do Centro de Agronegócios da Fundação Getúlio Vargas, diverge de dois pontos colocados no programa de Marina Silva: a meta de desmatamento zero e o índice de produtividade de propriedades rurais, usado em casos de desapropriações.

Durante palestra no 3º Fórum Nacional de Agronegócios, em Campinas (SP), o vice de Marina falou em “meritocracia” no índice de produtividade e foi aplaudido pela plateia.

“Vamos criar um programa para premiar a meritocracia sobre a produtividade. Quem não tiver produtividade será desapropriado pelo mercado e não pelo governo”, disse o candidato a vice, aparentemente com a chancela de Marina.

Ele disse que num eventual governo de Marina os agricultores que melhorarem seus índices de produtividade sem desmatamento serão premiados com mais financiamentos por parte dos bancos oficiais.

Sobre o “desmatamento zero”, que também assusta os ruralistas, o vice disse que a expressão refere-se apenas ao “desmatamento ilegal”.

Fonte: Blog do Inaldo Sampaio

Comentários

“Se subir cinco pontos em Minas, vou ao 2º turno”, diz Aécio Neves

Aécio Neves - Foto Agência Brasil

 

O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, disse em Belo Horizonte neste final de semana que se conseguir crescer “cinco, seis pontos” em Minas Gerais, sua principal base política, irá para o segundo turno com Dilma Rousseff (PT), desbancando a candidata Marina Silva (PSB)

Até a morte de Eduardo Campos (PSB), o senador aparecia em 2º lugar em todas as pesquisas eleitorais.

Com a substituição do ex-governador por Marina Silva, a candidata do PSB subiu para a segunda colocação.

Mesmo assim, Aécio tem dado sinais de recuperação. Embora ainda seja o terceiro colocado, o Ibope mostrou que ele subiu de 15% para 19% na pesquisa da semana passada e, o Datafolha, que ele saiu de 15% para 17%.

Já Dilma Rousseff (PT) caiu de 39% para 36% e, Marina Silva, de 31% para 30%. Ambas as pesquisas têm margem de erro de dois pontos porcentuais, para mais ou para menos.

Segundo Aécio, a coordenação de sua campanha fez uma “análise profunda” dos últimos levantamentos, tendo constatado que nos últimos quatro dias ele cresceu “de forma muito sólida” no Estado de São Paulo, que tem o maior eleitorado do país.

Segundo ele, é hora agora de voltar-se para Minas, já que Dilma Rousseff também é mineira e está liderando as intenções de voto no Estado.

“Semana que vem, estaremos avançando ainda mais nas pesquisas. Mas a virada tem que se dar em Minas Gerais. Minas tem a possibilidade hoje de nos dar a grande vitória no Brasil. Se nossa candidatura avançar na próxima semana cinco, seis pontos em Minas Gerais, que acredito ser claramente possível, serei presidente da República para fazer o maior governo da história”, disse o tucano.

Além da própria candidatura, Aécio tenta alavancar seu candidato a governador, Pimenta da Veiga (PSDB), que tem apenas 23% das intenções de voto no Ibope, ante 43% do petista Fernando Pimentel.

Fonte: Blog do Inaldo Sampaio

Comentários

Humberto empolga-se com nova pesquisa pró-Dilma: “Tendência é ampliar vantagem”

O líder do PT no Senado, Humberto Costa, gostou do que viu em relação aos últimos números de uma pesquisa feita pelo Instituto MDA, em parceria com a Confederação Nacional dos Transportes (CNT), divulgada nesta terça-feira (9).

O levantamento mostra Dilma na frente, com 38% das intenções de  voto; em segundo lugar, aparece Marina Silva (PSB), com 33,5% e Aécio Neves (PSDB) com 14,7 %. Já o Pastor Everaldo (PSC) tem 1%, enquanto os demais candidatos chegam a 1,1%. Brancos e nulos somam 5,9% e aqueles que não sabem ou não responderam chegam a 5,7%.

A nova pesquisa aponta, segundo analistas, uma vitória da presidente-candidata ainda no primeiro turno, embora as chances de haver segundo turno entre Dilma e Marina ainda sejam reais. “A tendência é ampliar a vantagem ainda mais”, disse o senador, esbanjando confiança.

Fonte: Blog do Carlos Britto

Comentários

MPF recomenda fiscalização mais rigorosa do transporte escolar no interior de Pernambuco

transporte escolar

Uma recomendação expedida pelo Ministério Público Federal (MPF) em Caruaru, no Agreste pernambucano, está solicitando uma fiscalização mais rigorosa do Detran-PE ao veículos que fazem o transporte escolar naquela região. Veículos inapropriados (os chamados “paus de arara”) têm sido usados frequentemente para levar e trazer os alunos alunos. O documento é de autoria dos procuradores da República Luiz Antônio Amorim Silva e Natália Lourenço Soares.

De acordo com a recomendação, o Detran-PE terá de averiguar se o serviço tem sido prestado de acordo com as prescrições do Código de Trânsito. Caso seja verificada irregularidade, deverá ser aplicada a respectiva sanção. Se houver possibilidade de adequação do veículo, o responsável deverá ser notificado para providenciar a regularização.

O órgão estadual terá de informar em até 30 dias, a contar da notificação, se vai acatar a recomendação. Deverá ser encaminhado ao Ministério, no mesmo prazo, o cronograma das fiscalizações a serem feitas nesses municípios nos próximos 12 meses.

Em caso de descumprimento da recomendação, poderão ser adotadas as medidas administrativas e judiciais cabíveis.  As informações são assessoria do MPF. (Foto/divulgação)

Fonte: Blog do Carlos Britto

Comentários

Candidato de Cid Gomes sobe 10 pontos percentuais no Ceará

Cid Gomes - foto agencia brasil

Pesquisa do Datafolha divulgada ontem (2) em Fortaleza aponta o candidato do PT ao Governo do Estado, Camilo Santana (PT), com 31% das intenções de voto, ante 41% do senador Eunício Oliveira (PMDB).

Em relação à pesquisa anterior, de 14 de agosto, o candidato do PT (e do governador Cid Gomes) cresceu 12 pontos percentuais e o peemedebista caiu seis.

O resultado da pesquisa mostra que no espaço de apenas três semanas a vantagem de Eunício sobre Camilo caiu de 28 para 10 pontos percentuais.

Já a candidata do PSB, deputada estadual Eliane Novais, oscilou negativamente, caindo de 7% para 4% das intenções de votos.

Ailton Lopes (PSOL) também oscilou para baixo, saindo de 4% para 2%. Juntos, os adversários de Eunício Oliveira somam 37%. Isso significa que, no limite da margem de erro da pesquisa – que é de três pontos, para mais ou para menos – abre-se a possibilidade de haver segundo turno no Ceará.

Para o Senado, o tucano Tasso Jereissati (PSDB) tem 54% das intenções de voto, ante 20% de Mauro Filho (PROS), que é o candidato do governador.

A pesquisa foi encomendada pelos jornais O Povo e Folha de São Paulo. O Datafolha ouviu 1.042 pessoas em 41 municípios cearenses entre os dias 1º e 2 de setembro.

Fonte: Blog do Inaldo Sampaio

Comentários