Lula e Dilma: reforço a Armando quinta-feira no Recife

Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu dar uma forcinha extra ao candidato do PTB ao governo, Armando Monteiro (PTB), e ao ex-prefeito e candidato ao Senado, João Paulo. Lula, que já havia confirmado presença na agenda de campanha da presidente Dilma Rousseff, na próxima quinta-feira, decidiu que chegará ao Estado um dia antes.

Na quarta, vai se dedicar exclusivamente a dar uma ajuda nos esforços para compensar o forte crescimento do candidato de Eduardo Campos no Estado, Paulo Câmara (PSB). A informação é de Clarissa Oliveira, no blog Poder Online.

Entretando, informações outras dão conta de que Lula desembarca em Pernambuco quinta-feira mesmo e na companhia da presidente Dilma Rousseff (PT), participa de um comício na Praça do Carmo. Ele também cumpre agenda em Juazeiro e Petrolina, onde participa de uma grande caminhada ou uma carreata.

Com Lula e Dilma  em Pernambuco, nesta semana, a expectativa agora é garantir o crescimento do candidato da dupla ao governo de Pernambuco, Armando Monteiro Neto(PTB). O desafio é fazer ele ser lembrado como “o candidato de Lula”, em oposição a Paulo Câmara que é “o candidato de Eduardo”.  Para Armando Monteiro, “o presidente Lula é um grande aliado. Todas as vezes que ele vier será merecedor de muitas homenagens”.

Fonte: Blog do Magno Martins

Comentários

Paulo Câmara diz que ganha no primeiro turno

 “No primeiro turno”, cravou o candidato ao governo do Estado pelo PSB, Paulo Câmara, sobre possível vitória nas eleições. A confiança se dá pelo crescimento nas pesquisas de intenção de voto, em relação ao adversário Armando Monteiro Neto (PTB), o que, segundo ele, não é surpresa. “Era esperado. Vamos manter a mesma estratégia para consolidar o resultado. De segunda a quinta na RMR e nos demais dias, também no interior, inclusive para dar a vitória a Marina no Estado”, disse.

O que pesquisa alguma revela é que o socialista se considera com chance real de vitória antes mesmo de apresentar o programa de governo, que não deve ser divulgado esta semana. Para Câmara, é preciso revisar, pessoalmente, o documento. A ideia é evitar, assim, “erratas” como a da candidata à Presidência do próprio PSB, Marina Silva, que divulgou programa na última sexta e, no dia seguinte, mudou proposta de política energética e de direitos civis do segmento LGBT. “Isso ocorre. Não é nada de anormal”, defendeu.

As declarações foram cedidas na Praça de Casa Forte, que, ontem, virou “palanque político” de Eduardo Campos. Sim. Apesar de o candidato ser outro, a campanha tinha foco no ex-presidenciável, morto em acidente aéreo em Santos (SP), no último dia 13. Ainda que pública, a praça foi decorada com bolas e tecidos amarelos e recebeu militantes – muitos com a camisa amarela a exibir o slogan “Não vamos desistir do Brasil”.

Fonte: Blog do Magno Martins

Comentários

Estratégia de mudança

Falando ao Frente a Frente, na semana passada, um dia após a pesquisa do Ibope apontar um crescimento de 18 pontos percentuais na candidatura de Paulo Câmara, Armando Monteiro (PTB), candidato da oposição, disse que não mudaria a estratégia da sua campanha. Segundo ele, a reação do adversário, que vinha pontuando entre 8% e 11%, já era previsível devido ao estado de comoção vivido no Estado pela morte trágica de Eduardo.

Este sentimento, no seu entender, estaria chegando ao fim com o passar do tempo e tudo voltaria ao normal. Mas não é o que mostrou uma nova pesquisa, a do Instituto Maurício de Nassau, publicada ontem no JC.

Revelou que o golpe da perda do líder socialista, em plena campanha ao Palácio do Planalto, foi muito mais profundo do que se imagina e que tende a perdurar por muito mais tempo, provavelmente ao longo de toda a campanha. Por isso mesmo, chegou a hora de Armando rever conceitos e estratégias.

Até o acidente que tirou a vida de Eduardo o curso da campanha estava irretocável, tudo vinha dando certo, mesmo diante de adversidades que pareciam instransponíveis, como a fragilidade do seu palanque e o tempo bem menor na propaganda no rádio e na televisão. Por onde seriam feitas as mudanças?

No meu entender, pelo guia eleitoral, que não está passando emoção, diferente do de Câmara. E não é por falta de imagens, mas de criatividade. Lula está vindo a Pernambuco na próxima quinta-feira e com ele a oportunidade de Armando fazer boas e emocionantes cenas para o guia. Lula e Eduardo, mesmo morto, fazem o diferencial na campanha em Pernambuco.

É preciso, entretanto, que Armando reveja urgente a sua estratégia, porque do contrário a tendência é que, sem um fato novo para se contrapor, seja ultrapassado nas próximas pesquisas de intenção de voto. Ainda há tempo de segurar a sangria.

Fonte: Blog do Magno Martins

Comentários

Humberto quer estender para servidores efeitos da “Lei da Ficha Limpa”

Humberto Costa - foto Agencia Brasil

O senador Humberto Costa (PT-PE) informou hoje (28) no Recife que já está pronto para ser votado na Comissão de Constituição e Justiça do Senado o relatório de sua autoria que prevê a aplicação da “Lei da Ficha Limpa” para efeito de contratação de servidores nos três poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário.

A exemplo do que ocorre hoje com os condenados em segunda instância que ficam inelegíveis por oito anos, a Proposta de Emenda à Constituição nº 20/2012 torna mais rígido o acesso de pessoas a cargos não eletivos, sejam efetivos ou comissionados.

“A iniciativa vem no sentido da adoção de medidas que aprimoram a aplicação dos princípios da administração pública, em especial o da moralidade”, disse o senador pernambucano.

A PEC relaciona dez tipos de crime que irão tornar inacessíveis cargos, empregos e funções públicas para quem tiver sofrido condenação definitiva da Justiça.

Entre os crimes, estão aqueles praticados contra o sistema financeiro, a administração e o patrimônio públicos; abuso de autoridade (nos casos em que houver condenação à perda de cargo anterior ou à inabilitação para o exercício de função pública); tráfico de entorpecentes e drogas; racismo; tortura, terrorismo e crimes hediondos, além dos delitos contra a vida e a dignidade humana e praticado por organização criminosa.

Um substitutivo de Humberto alterou o texto original, de autoria da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), que pretendia vedar a contratação de pessoas condenadas por qualquer órgão judicial colegiado.

O líder do PT avalia que a nova redação afasta questionamentos sobre uma eventual “flexibilização” do princípio de presunção de inocência. Por isso, o substitutivo do petista restringe a proibição de acesso aos cargos públicos somente aos condenados com decisão transitada em julgado, ou seja, em caráter definitivo.

Fonte: Blog do Inaldo Sampaio

Comentários

Marina e Beto apresentarão nesta sexta-feira o plano de governo do PSB

Mauricio Rands - foto Agência Brasil

A candidata do PSB à Presidência da República, Marina Silva, ao lado do seu vice, Beto Albuquerque, vão apresentar nesta sexta-feira, em São Paulo, o programa de governo do partido.

O evento está marcado para ter início às 14h no Espaço Rosa Rosarum, no bairro de Pinheiros.

Marina e Beto receberão dirigentes de todos os partidos da aliança, especialistas e colaboradores que contribuíram na construção da proposta, além de militantes e simpatizantes da candidatura.

A construção do programa de governo, segundo a assessoria da coligação, teve início em outubro de 2013, com o lançamento de uma plataforma digital que colheu milhares de contribuições do país inteiro.

A coligação “Unidos pelo Brasil” realizou um conjunto de encontros programáticos regionais, percorrendo todo o país para dialogar com o cidadão e abrir espaço à participação direta das pessoas.

Oficinas também foram realizadas para a discussão de temas específicos, como política econômica, política energética, meio ambiente, entre outros, que reuniu especialistas nessas áreas.

Dividido em seis eixos temáticos, o programa de governo foi coordenado pelo ex-deputado pernambucano Mauricio Rands (PSB) e a socióloga paulista Maria Alice (Neca) Setúbal.

Fonte: Blog do Inaldo Samapio

Comentários

PSB desmente apoio de Lula à candidatura de Marina Silva

Lula - foto reprodução Guia Eleitoral

Diante da boataria que circulou nesta quinta-feira (28) por meio das redes sociais segundo a qual Marina Silva seria a verdadeira candidata do ex-presidente Lula à sucessão presidencial, a coligação “Unidos pelo Brasil” divulgou o seguinte desmentido:

I) A Coligação Unidos pelo Brasil denuncia como tosco e fraudulento vídeo hoje veiculado nas mídias sociais, no qual a candidatura de Marina Silva supostamente recebe o apoio do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva.

II) Para coibir a fraude, requererá ao Ministério Público e ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a abertura de inquérito e das demais providências necessárias visando à identificação da origem e do responsável pela montagem e veiculação.

III) A coligação repudia o uso indevido da imagem de sua candidata e da marca da aliança. Expediente dessa ordem contraria os princípios éticos que caracterizam a candidata Marina Silva e os partidos que integram nossa coligação, empenhados em uma campanha eleitoral republicana e propositiva.

Fonte: Blog do Inaldo Sampaio

Comentários

Governador nega parentesco com um dos donos do avião que caiu com Eduardo Campos

João Lyra Neto - foto eduardo braga - SEI

Diante da confusão que se gerou em Pernambuco sobre seu suposto parentesco com o empresário João Carlos Lyra Pessoa de Mello Filho, um dos compradores do avião que teria sido emprestado a Eduardo Campos e que se acidentou com ele a bordo, no último dia 13, no litoral paulista, o governador João Lyra Neto (PSB) expediu um comunicado nesta quinta-feira negando o vínculo familiar.

Segundo sua nota, o seu “Lyra” é de Caruaru e nada tem a ver com o “Lyra” do avião, que é filho do usineiro João Carlos Lyra Pessoa de Mello, “cuja família é proprietária das Usinas 13 de Maio e Água Branca, é falecido há 15 anos e sua mãe, Paula Jucá, atualmente é casada com o advogado e ex-deputado federal Luiz Piauhylino Filho”.

Luiz Piauhylino tem escritórios de advocacia no Recife, Rio de Janeiro, Brasília e São Paulo e também já negou por meio de nota qualquer relação com este caso.

Fonte: Blog do Inaldo Sampaio

Comentários

Aécio: pesquisa vem da comoção com morte de Eduardo

 O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, disse nesta terça-feira que tem “convicção” de que terá condições para disputar um eventual segundo turno com a presidente e candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PT), assim que passar a “comoção” em torno da morte de Eduardo Campos, que era candidato do PSB ao Planalto.

“É uma pesquisa que vem depois de uma grande comoção que tomou conta do Brasil”, disse Aécio ao chegar à Band para o primeiro debate entre os presidenciáveis.

Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira mostra Marina Silva, que agora disputa a Presidência no lugar de Campos, em segundo lugar, com 29% das intenções de voto, contra 19% de Aécio – Dilma continua líder, com 34%.(Portal Terra – Débora Melo e Thiago Tufano).

Fonte: Blog do Magno Martins

Comentários

Homenagens póstumas: Ibope não surpreende Armando

 Para o candidato do PTB ao governo de Pernambuco, Armando Monteiro Neto, o resultado da pesquisa Ibope, mostrando rápida recuperação de seu adversário da Frente Popular, Paulo Câmara, não surpreende. ”Vivenciamos nas duas últimas semanas um clima de comoção jamais registrado na história política de Pernambuco, amplificado pela intensa cobertura da mídia”, diz o senador em nota divulgada ontem. Ele explica o porquê desse seu entendimento:

”Tornou-se inevitável a associação das homenagens póstumas ao candidato adversário e seu grupo político. De agora em diante, resta saber o que passará a se constituir, verdadeiramente, em capital político próprio do candidato.

De nossa parte, registramos como muito positiva a cristalização das nossas intenções de voto em elevado patamar, garantindo a manutenção da nossa liderança, mesmo nesse cenário atípico. Registre-se ainda que continuamos a ser o candidato que apresenta o menor índice de rejeição”, diz o senador na nota à divulgada na noite de ontem.

 

 

Fonte: Blog do magno Martins

Comentários

Aécio lança na Bahia o projeto “Nordeste Forte”

240814 - divulgação obrito news

O candidato do PSDB à Presidência da República, senador Aécio Neves, lançou neste sábado (23), em Salvador, o programa “Nordeste Forte”.

Trata-se de 44 propostas para melhorar a qualidade de vida dos nordestinos, entre elas a promessa de que as famílias da região que se encontram na faixa de pobreza terão uma renda per capita mínima de US$ 1,25 por dia.

O senador foi recebido na Bahia pelo prefeito de Salvador ACM Neto (DEM), o ex-governador Paulo Souto (DEM), o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) e os deputados federais Jutahy Magalhães Júnior (PSDB) e Antonio Imbassahy (PSDB).

Ele promete transformar o programa Bolsa Família em “política de estado”, concluir a transposição do rio São Francisco e a Ferrovia Transnordestina e tirar do papel diversas obras de infra-estrutura.

Promete ainda levar o programa Saúde da Família para toda a população nordestina e instituir um “plano decenal” em articulação com os 9 governadores da região.

O plano “Nordeste Forte” prevê ainda a implantação do programa “Poupança Jovem Brasil”: depósito de R$ 1 mil a cada ano na conta do estudante que cursar o ensino médio.

Fonte: Blog do Inaldo Sampaio

Comentários